06 setembro, 2007

Oi?!

Hoje fui almoçar com o meu amigo Hélio (advogado, 30 anos, moreno, giro e solteiro) ali ao Dom Grelhas na Guia, em Cascais.
Sentamo-nos cá fora, trouxeram-nos os menús, começámos a conversar e quando finalmente escolhemos o que queríamos comer, veio outro empregado assentar os pedidos. Infelizmente nõ foi o que nos deu os menús, tinha vindo algumas vezes perguntar o que queríamos comer, mas com a converseta o Hélio ainda não tinha decidido, e agora estava ocupado noutra mesa!
Ora bem, o empregado chega à mesa e pergunta o que vai ser... com uma pronúncia inconfundível brasileira assim a puxar para o nordeste (região onde a letra R é pronunciada de forma bizarra). Eu lá lhe explico que gostaria de comer um caldo verde (que era aliás a sopa do dia) e o Hélio pede bife grelhado. Bem... primeiro que o tipo percebesse o que é que ele quería! Nem imaginam! E aquela mania irritante que têm de dizer "Oi?!" quando não nos entendem????

E eu que sinceramente pensava que uma condição essencial para se servir à mesa de um restaurante era a de saber falar a língua do país onde esse restaurante se situa?!

E no fim... ao levantar os pratos, ainda teve a lata de sacudir a última batata frita que o Hélio por despeito não comeu, para cima dele... assim para o colo. Sei que tive que me aguentar para não rir à gargalhada... vá lá que o Hélio levou aquilo na desportiva... aliás... até comentámos que ele devia mesmo ter comido a última batata! ;)

1 comentário:

jojo disse...

uma vez no dantas estava com três amigos sendo que uma das pessoas era uma rapariga cabo-verdiana.
o empregado brasileiro vem e pergunta o que iamos beber ao que ela responde "uma cerveja preta".
Quando ele a trouxe disse muito envergonhado qualquer coisa sobre a "cerveja castanha" porque teve receio que ao dizer "preta" estivesse a ser racista...
Foi gargalhada geral!