29 setembro, 2007

A questão do cigarro...

Em reposta à pergunta da Jo cá vem a explicação.

Eu fumo quando me dá na telha, quando me apetece.. Comecei na típica idade da adolescência. Comprava tabaco a meias com as colegas e partilhávamos o maço. Depois na Universidade virei uma crava, tendo chegado a oferecer volumes aos meus colegas que foram as maiores vítimas! (ah vergonha a quanto obrigas!!!!)

Como nasci numa família anti-tabagista, nunca fumei em frente dos meus pais. Por uma questão de respeito, penso eu!
Como casei com um homem que não fuma, não fumo em casa. A não ser muito raramente, quando vêm cá amigos e aí, fumo na cozinha, à janela e de porta fechada.

Em resumo, há dias em que não fumo. Não gosto de fumar ao computador, não gosto de sentir que tenho uma obrigação em ir fumar. Com esta mania, não bebo nem café, nem fumo um cigarro a maior parte dos dias.

Fumo quando estou com os amigos que também fumam e porque geralmente nessa ocasião estamos a beber... e para mim... uma tertúlia, umas bebidas e uns cigarros são um bom serão.

Por isso Joana, quando eu vou aos médicos e eles me perguntam, eu explico isto tudo... ao que eles me respondem que sou então uma fumadora ocasional... ao qual eu acrescento, porque gosto.

E já agora.. fumei um cigarro na segunda feira antes de entrar para ver Fiction Plane.

E ao preço que está o tabaco e eu semítica como sou, nunca conseguiria bancar esse vício. Encaro-o como um mimo que dou a mim, da mesma forma como há quem compre outras coisas. :P

5 comentários:

jojo disse...

ficaste chateada?
desafio-te a nunca mais comprares cigarros ou cravares cigarros, mesmo nas tertúlias, mesmo quando te apetece só por gosto.
Mesmo quando os teus amigos estão todos a fumar à tua frente e a beber caipirinhas e "ai tão bem que sabia agora um cigarro".

A mim não me convences.
O meu avô Eduardo foi com um cancro no pulmão e outro na garganta.
O meu avô Teodoro foi com os pulmões todos desfeitos.
O meu Tio Manelinho, depois de ter deixado de fumar há mais de 20 ou 30 anos apareceu-lhe um cancro na lingua.
A minha avó tem os pulmões todos lixados por ter levado com o fumo passivo a vida inteira.
E cá e casa tenho o Pedro que quando consegue estar uma semana sem fumar vai fumar um cigarro como recompensa pelo esforço...

Sofia, pela tua saúde, sabes que os cigarros só fazem mal (e não é só aos pulmões) se tens essa facilidade e não és agarrada, LARGA-OS de uma vez por todas.
Era uma alegria que me davas.

Ai que eu sou tão chata!
:p

Zaka disse...

Mas claro que não fiquei chateada!
Já andava a dizer que tinha que fazer um post sobre isto... tu apenas deste o icentivo...

Olha... ontem também não fumei! :P

E eu sei bem que o tabaco faz mal... assim como a comida no McDonalds... os pesticidas nos vegetais, os gases respirados nas grandes cidades, e sei lá mais o quê! :P

Girstie disse...

Claro que sendo tu uma fumadora ocasional será mais fácil largares o vício.

Mas é como qualquer fumador, qd tiverem vontade de deixar, deixam, n podem ser obrigados.

E como tal, terá de acontecer ctg, qd o quiseres. :)

jojo disse...

isso do mcdonnalds e dos pesticidas é mesmo argumento de fumador AGARRADO...

Zaka disse...

Só para dizer à Joana que hoje também não fumei! :P