18 dezembro, 2007

Cabaz de natal

Isto de se ter o gajo a trabalhar numa câmara, tem destas coisas.
Sim... eu como sempre fui escrava de atelier, nunca tive direito a nada... quanto muito um almocito e um pontapé no rabo!

Todos os anos então, por esta altura, lá vem ele com a caixinha dos "tesouros". Já foi uma caixa de madeira, um cesto de vime e este ano... um saco de feltro. Estamos em tempos de vacas magras amigos... até se notou no recheio do tal saco. Um queijito, um pedaço de presunto, uma caixa com pinhões, um bolito rei, uma garrafinha de azeite e uma garrafita de vinho tinto... espumante!!!! Nem vê-lo!

Mas eu nem reclamo, porque como já disse, acho que eles nem tinham nada que oferecer um cabaz... mas... mas... o saco em questão é... no mínimo... de um gosto... altamente... duvidoso!??

6 comentários:

Fiwipinha* disse...

Lol o saco é... natalicio.. embuído de espirito... Mas olha podes sempre aproveita-lo pra fazer de meia na noite de Natal, sempre é maiorzito que a maioria das meias tradicionais logo deves conseguir mais uma prenda ou outra.. =)

mtheman disse...

recebe e ainda se queixa :P é preciso ter muita lata...

Zaka disse...

mtheman eu não estava a reclamar! :P

fiwipinha... acreditas que foi mais ou menos isso que eu disse quando o vi? Aliás.. já está guardado que é para se eu um dia tiver um filho lhe poder dar a ele para ele usar para pedir prendas a nós! :)

MoonWolf disse...

Não entendo... Um saquinho tão giro... tststst...

Pobre e mal agradecida... Não percebeste q eles foram uns visionários??? Assim já tens algo para te lixar quando ele resolver começar a pedir prendinhas... heheheh

Beijocas e vai lá dar uma trinca no presunto.. ;)

Anónimo disse...

Camara Municipal de Oeiras e belo gosto do seu presidente...

Zaka disse...

Ó anónimo... e eu que tive tanto cuidado para não revelar que câmara era, para vires agora chibar-te todo! LOL