02 dezembro, 2008

Sou mãe há 2 meses!

E faz hoje dois meses que a Kuka é nossa filha!
Nestes dois meses, ela cresceu, engordou um bocadinho, e desenvolveu-se a olhos vistos. Mas... principalmente... está parecidíssima connosco.
Fala pelos cotovelos.. umas vezes coisas que compreendemos e que já são umas private jokes nossas, e outras vezes tem o que nós apelidámos de chamamentos da nave, pois são assim umas coisas que parecem língua de extraterreste e que dá vontade de rir pelas expressões faciais que as acompanham!
Mas realmente o fascinante é ela já ter percebido como é o nosso sentido de humor.. tipo.. quando alguém espirra duas vezes de seguida.. À primeira digo santinho... à segunda digo bis!
E mesmo quando sou eu a espirrar, costumo dizer santinho! Ora... a Kuka é das que quando espirra, vêm sempre dois... e então, hoje ao jantar, depois do segundo espirro diz alto e bom som.. bis!
Continua a surpreender-nos todos os dias... hoje foi ao conseguir levar até mim, numa distância de uns 5 ou 6 metros, um pacotão (6 pacotes) de leite.. fiquei fascinada a vê-la... primeiro a tentar pegar naquilo... e depois a arrastar... sem nunca desistir... e o enorme sorriso quando finalmente chegou ao pé de mim!
Dou por mim babada a olhar para ela, dou por mim toda contente com estas pequeninas coisas e até dou por mim a fazer as mais estranhas figuras, caretas e sei lá mais o quê, porque sei que ela adora! E vê-la rir à gargalhada é um prazer único!
Sim... num grupo sobre adopção falava-se há dias sobre o destino... eu não sei se acredito que a Kuka tenha nascido já com a perspectiva de ser minha filha... até porque no dia em que ela nasceu, eu e o gajo ainda nem nos tinhamos decidido totalmente a avançar com a candidatura de adopção, mas lá que a Kuka parece que foi feita a pensar em nós, isso foi! Com todas aquelas nuances de personalidade que tanto adoro e o carinho transbordante que sente por nós!
E que venham muitos, muitos mais meses e anos desta felicidade toda!

8 comentários:

MoonWolf disse...

E eu a deparar-me a olhar para o q escreveste, babado. Babado pelas palavas, escritas por quem as escreveu, e sabê-las tão sentidas...

Realmente, a Kuka é tudo o q nós poderíamos esperar, e muito mais... Cada dia é uma surpresa... e, quase sempre das boas.

Quem dizia que nunca quereria vir a ter filhos, estás uma mãe mais do q babada. Sobretudo, Orgulhosa... Da tua menina e de ti...

E, com tudo isto, conseguiste arrancar-me uma lágrima... és incrivel...

E, desculpa, mas aqueles beijinhos e abraços q ela dá, derretem-me..

:)

Beijocas e bons sonhos... Para ti e para a Princesa...

PsiPages disse...

O teu post está lindo! Conseguiste materializar o amor em palavras.

Que venham mais dias, meses e anos assim :)

Sandra Neves disse...

É só baba! De facto tens razão, um sorriso de um filho faz-nos transbordar de felicidade!
Um beijo
Sandra

Elsa disse...

Ohh que lindo :comovida:

Mary disse...

Que Lindo!! conseguiste transmitir por palavras todo o amor que sentes pela tua menina.

Beijinhos grandes
Meguy

Cor do Sol disse...

Parabens mãe babada :)

Mara disse...

Eu acredito no destino. Acredito que certas pessoas /coisas / acontecimentos nos estão reservados embora outras sejam influenciadas por aquilo que somos e que nos rodeia. Acredito portanto que a Kuka só podia ser a tua filhota... o tal fio que nos une invisivel ou azul, ou vermelho, sei lá... mas existe, existe!
Beijinho.

Girstie disse...

Vocês não sabiam se queriam adoptar mas ela já tinha decidido por vocês que havia de ser vossa filha :)

Pelo que contas eu tb acho que ela foi feita à medida por vocês. E a integração dela é fantástica o que é bom para vocês os papás e para ela a filhota.

Agora só são dois meses, mas ela é tua filha para a vida todaaa! :D

beijos