02 fevereiro, 2009

4 meses que sou mamã!

Foi há 4 meses que me tornei mãe.
E tem sido uma aventura... e foi sem dúvida a melhor decisão da minha vida.
A Kuka trouxe-nos uma alegria que não consigo transmitir em palavras. Não que antes a nossa vida não fosse boa... mas o que é um facto é que não consigo enunciar as desvantagens de ter uma filha. Ainda há dias me perguntaram em que mudou a nossa vida como casal e não me ocorreu nada para responder. A não ser, claro que agora partilho o meu homem com outra mulher... mas conseguimos sempre tempo para nós... e a sério... não sou assim tão ciumenta... até gosto de os ver como há bocado.. o meu gajo a fazer uma micro sesta no sofá, com ela ao lado a repartir a atenção entre a televisão e a olhar para mim e a apontar para o pai, em silêncio, pois o pai estava a fazer ó-ó!
Ouvir dizerem-me que a Kuka está linda e desenvolvida só me faz sentir ainda mais a sorte que tive em que os nossos caminhos se cruzassem.

Claro que ainda me recordo das angústias que senti durante o processo. Das milhentas lágrimas que chorei... do desespero que senti por não conhecer a realidade e o medo que alguma coisa corresse mal. E quando hoje pessoas me perguntam coisas sobre a adopção internacional, eu tento sempre que elas percebam que é um caminho que nos consome a alma. Pois dependemos de uma advogada para a maior decisão da nossa filha. E até à audiência em tribunal, a família biológica pode mudar de ideias. Enfim... não que queira desmotivar alguém... até porque cada dia que passo com a Kuka, dou graças à nossa iniciativa de partir para uma adopção em Cabo Verde, mas convém que as pessoas se preparem para entrarem num avião sem saber muito bem o que lhes vai acontecer. E isto tudo depois de meses de espera, e muitos deles sem notícias que indiquem que não foram esquecidos.

Mas... sobre isto falarei, como já tenho vindo a fazer, com os interessados.
O que interessa é que a minha filhota está deitadinha, sossegadinha, na sua caminha lá em cima e que amanhã vai voltar a martelar no piano, dar-nos beijinhos, pedir papa e dizer que o cão é amigo! E isto... com nuances claro.. vai-se repetir para o resto da minha vida! :D

2 comentários:

Yashmeen disse...

A maternidade é maravilhosa, em todas as suas variantes. Parabéns pela Kuka. :)

Maria disse...

Também tenho esse sonho...:)
Ainda bem que o conseguis.te concretizar.
Um beijinho.