15 setembro, 2007

Heart of steel

Perante esta música, da qual eu gosto e que recentemente voltei a ouvir, pus-me a pensar.



Se virmos a letra, será que tem cabimento na sociedade actual?!

Build a fire a thousand miles away
To light my long way homeI ride a comet
My trail is long to stay
Silence is a heavy stone
I fight the world and take all they can give
There are times my heart hangs low
Born to walk against the wind
Born to hear my name
No matter where I stand Im alone

Stand and fight
Live by your heart
Always one more try
Im not afraid to dieStand and fight
Say what you feel
Born with a heart of steel

Burn the bridge behind you
Leave no retreat
Theres only one way home
Those who laugh and crowd the path
And cut each others throats
Will fall like melting snow
Theyll watch us rise with fire in our eyes
Theyll bow their heads
Their hearts will hang low
Then well laugh and they will kneel
And know this heart of steel was
Too hard to break
Too hard to hold

Stand and fight
Live by your heart
Always one more try
Im not afraid to die
Stand and fight
Say what you feel
Born with a heart of steel

É que a mim só me ocorrem tempos de batalhas a cavalo, com armaduras, espadas, cabelos compridos e muito suor! É que só nesses tempos, os homens eram postos à prova, estando em pé e sem terem ou pelo menos mostrarem, medo de morrer.
Ou então, lembro-me dos nossos Lobos, em pé em frente ao Haka da Nova Zelândia e ali firmes e resolutos!

Fica o atrofio de sabado à tarde! ;)

2 comentários:

jojo disse...

Sofia, andas a ouvir metaleiros dos anos oitenta e depois achas que vale a pena fazer comparações com a sociedade actual...
Por falar em sociedade, ou society.
Já experimentaste ir ao bar do Clube dos Amigos do Rugby da Costa de Caparica?
Garanto-te que é uma experiência única!

:p

Zaka disse...

Mas, Jo... nos anos 80 ainda haviam as tais batalhas que eu penso que a música transmite?! Ou será que o que eles consumiam nessa época os fazia ver épocas passadas?! Tipo... "O Regresso ao Passado"

Não.. ainda não fui a esse bar... experiência única... humm... vou falar com o meu amigo que é irmão do David e depois logo vejo! :P