09 agosto, 2009

Chaga

Começou com uma ligeira impressão... até pensei que fosse de ter andado para aí a esganiçar a voz na discussão que tive com a minha mãe. Mas depois começou a mostrar que não era isso.
E claro que ontem ter ido para a esplanada à noite, mesmo que devidamente vestida com casaco de fazenda e camisola de malha, que isto de verão é uma anedota na qual eu não caio, ajudou a que a minha garganta se tenha transformado numa chaga.

Passei o dia de molho... que é como quem diz a beber cházinho e a tentar dormir o mais possível e com os meus habituais picos de febre, indetectáveis ao termómetro menos rigoroso, mas que me põem KO.

A Kuka também está constipada, mas felizmente no caso dela é mesmo o nariz que está a produzir rios de ranho!

Felizmente o gajo mantém-se imune.

2 comentários:

Ana Rocha disse...

Sabe tão bem ter um Gajo fantástico á mão.
A melhoras para ti e para a tua Princesa.

Beijokas Fofas

...uma viajante, disse...

Melhoras miuda!!!